sábado, 14 de janeiro de 2017

23 anos depois, vemos que tudo já estava combinado...


Em entrevista exibida pela Globo News em 2009, Luiz Felipe Lampreia, ex-ministro das Relações Exteriores, diagnosticava: “O que explica a confusão da América Latina é o Foro de São Paulo”. E ele tinha razão!
O Foro de São Paulo é uma organização que reúne, de maneira promíscua, partidos políticos legais, organizações terroristas e grupos narcotraficantes.  
Ele foi fundado em 1990 por Lula e Fidel Castro, que prometiam reconquistar na América Latina o que se havia perdido no Leste Europeu.

O sonho de Fidel e de Lula é criar a URSAL – União das Repúblicas Socialistas da América Latina.

A unidade estratégica dessas organizações visava tomar o poder em todo o continente americano, criando uma frente de governos socialistas em oposição aos Estados Unidos.
Hoje, duas décadas depois, o Foro de São Paulo já governa 16 países, nos quais aplica a mesma agenda de aparelhamento do Estado, de limitação das liberdades civis, de relaxamento no combate ao narcotráfico, de perseguição à oposição e à imprensa livre.
O “Plan de Acción” aprovado e publicado nas atas do seu 19.º Encontro, ocorrido em São Paulo no começo deste mês, confirma e reforça o pacto estratégico e o compromisso solidário estabelecidos 23 anos atrás.
Os efeitos práticos dessa solidariedade política ficam claros quando observamos a submissão do governo petista às diretrizes do Foro, em detrimento dos interesses nacionais, como ilustram alguns casos da nossa política recente.
Em 2005, o representante das Farc no Brasil, Olivério Medina, foi preso numa ação conjunta entre a Polícia Federal e a Interpol. Medina era procurado na Colômbia por diversos crimes – homicídio, sequestro e contrabando de armas – e o governo colombiano pediu sua extradição.
presidente Lula não apenas negou o pedido do governo colombiano como ainda  concedeu ao terrorista o status de refugiado político. Logo em seguida, a esposa de Medina, Angela Maria Slongo, veio a pedido de Dilma Rousseff, então ministra da Casa Civil, a ocupar um cargo de confiança no Ministério da Pesca, .
Em maio de 2006, Evo Morales estatizou duas refinarias da Petrobras na Bolívia, depois de grotescamente ocupadas e tomadas pelo exército boliviano. O governo brasileiro respondeu com um afago e, dois anos depois, Lula anunciava um empréstimo de US$ 332 milhões a Morales, para a construção de uma rodovia.
Em 2011, Dilma Rousseff anunciou mudanças no Tratado de Itaipu com o Paraguai, cujo presidente e membro do Foro de São Paulo era Fernando Lugo,  .
A senadora Gleisi Hoffmann, do PT, foi a relatora da matéria no Senado e defendeu a aprovação das alterações, que fizeram triplicar a taxa anual paga pelo Brasil ao Paraguai pela energia não usada da Usina de Itaipu, saltando de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões
A decisão do governo federal de trazer médicos cubanos ao Brasil é apenas uma manobra do Foro de São Paulo para financiar a indústria de “missões humanitárias” de Havana.


Raúl Castro arrecada nada menos que US$ 6 bilhões anuais com o envio de médicos ao exterior. Calcula-se que o Brasil enviará centenas de milhões de dólares aos cofres cubanos com a importação dos médicos. O dinheiro que poderia ser investido no sistema público de saúde brasileiro vai financiar uma ditadura comunista.
Quando o filósofo Olavo de Carvalho começou a denunciar o Foro de São Paulo, políticos, empresários e jornalistas preferiram ignorá-lo, acreditando que o bicho era manso. Mas o bicho era bravo e agora cresceu formidavelmente; já não sabemos se ainda é possível derrotá-lo.

Publicado no jornal "Gazeta do Povo".
Silvio Grimaldo de Camargo é sociólogo e editor.



“A principal característica de um governo esquerdista é que ele jamais se contenta em governar de acordo com a ordem legal, instituída. Ele sempre acredita que detém a chave, a poção, a receita miraculosa para transformar o país no que ele imagina que  seria o melhor dos mundos. O problema é que o melhor dos mundos, quando se trata da esquerda, está sempre próximo do que imaginamos ser o Inferno, quando não é o próprio Inferno.”Rodrigo Gurgel .
“Quando todas as armas forem propriedade do governo e dos bandidos, estes disputarão entre si  a quem caberão as outras propriedades.” Benjamin Franklin

- Não é triste mudar de ideias; triste é não ter ideias para mudar.
(Barão de Itararé, ou Sun-Tzu, ou U-Tan. Mas é certo que não foi nenhum socialista/comunista,  na verdade foi o Barão).

- "Quem se omite, indiretamente se associa.” (Benjamim Constant)

-"O mundo estaria salvo se os homens de bem tivessem a mesma ousadia dos canalhas". (frase bem atual)

-“ Tudo o que é necessário para que o mal triunfe é a omissão dos homens de boa índole."  (Edmund Burke).

-"Há um IDIOTA no poder, mas os que o elegeram estão bem representados".   (Aparício Torelli, Barão de Itararé, FRASE MAIS DO QUE ATUAL .

 por SILVIO GRIMALDO DE CAMARGO 

MILITAR DAS FFAA. 4,31 ATIVOS CONTRIBUINDO PARA CADA INATIVO OU PENSIONISTA

MILITAR DAS FFAA. 4,31 ATIVOS CONTRIBUINDO PARA CADA INATIVO OU PENSIONISTA. ÚNICA CATEGORIA QUE SE AUTO-SUSTENTA PREVIDENCIARIAMENTE.
MILITAR DAS FFAA. SEM 1 TOSTÃO EXTRA
 DE RECURSOS DA UNIÃO PARA O SISTEMA PREVIDENCIÁRIO
 MILITAR, POIS SÃO 4,31 ATIVOS CONTRIBUINDO PARA CADA
 INATIVO OU PENSIONISTA (11% DIVIDIDOS EM 7,5% DE PENSÃO
 MILITAR E 4,5% PARA O SISTEMA DE SAÚDE PRÓPRIO). SEM DIZER
 QUE O MILITAR INATIVO AINDA CONTRIBUI(!!!) ÚNICA CATEGORIA
 QUE SE AUTO-SUSTENTA PREVIDENCIARIAMENTE (!!!). ENTÃO, PARA
 QUÊ 35 DE CONTRIBUIÇÃO(!)?

 Os Militares, que provém recursos para suas próprias
 aposentadorias e pensões, não são onerosos para a
 nação, como querem fazer crer seus opositores.  Em
 2013 foi realizado um estudo detalhado que visava determinar
 o gasto das forças armadas relacionado às pensões. O
 estudo causou surpresa para aqueles que insistiam em dizer
 que os militares eram mais onerosos do que deveriam na
 questão da previdência. O texto é bastante completo, ver
>em  
http://www.planejamento.gov.br/secretarias/upload/Arquivos/sof/orcamento_14/Anexo_IV.7_a_Militares_1_.pdf
 , e concluiu que as próprias contribuições dos militares
 são suficientes para o custeio de suas aposentadorias e
 pensões. Para cada pensão existem 4,31 militares ativos e
 inativos das Forças Armadas. Relembrando, ambos contribuem.
 Esta proporção se comporta da seguinte forma para cada
 Força: Marinha do Brasil: 4,09; Exército Brasileiro: 4,09
 e Força Aérea Brasileira: 5,36. Esta proporção é
 favorável ao equilíbrio do sistema quanto maior for o seu
 valor, pois significa que existem mais contribuintes do que
 pensões.


 http://www.planejamento.gov.br/secretarias/upload/Arquivos/sof/orcamento_14/Anexo_IV.7_a_Militares_1_.pdf

 http://sociedademilitar.com.br/index.php/colunistas/robson-augusto/1312-35-anos-de-servico-para-os-militares-das-forcas-armadas-boato-ou-realidade.html


segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Operação "Leão do Norte" e perguntas sem respostas

Operação "Leão do Norte": após 26 dias, tropas do Exército deixam o Grande Recife
Forças Armadas realizaram cerca de 3.900 ações durante 'Operação Leão do Norte'
Ao longo de 26 dias, efetivo esteve no comando da segurança do Grande Recife com 3.500 homens do Exército, Marinha e Aeronáutica. Operação foi encerrada terça (3)
comentários:
Esse foi mais um dos" presentes de Natal" que centenas de companheiros do exército receberam .Além de passarem o Natal e o ano novo bem longe de seus familiares, recebendo a miserável e ordinária porcentagem de 2% do soldo ,ridículo, por cada dia de risco de vida em Pernambuco.E, para nos deixar ainda mais indignados, revoltados, descrentes com quem nos comanda, o General Villas Bôas , comandante do exército, ainda posta uma declaração, no mínimo infeliz- em pleno Natal e ano novo- afirmando, ele próprio, que ,em 2017, será ainda pior para todos nós, com relação aos nossos desprezíveis vencimentos.Ora, o lindo estado que deu origem à formação do exército de Caxias-Pernanbuco- depois desta greve dos PMs, muito provavelmente será o 22 estado brasileiro a pagar sua PM muito melhor do que o Brasil paga de vencimentos HUMILHANTES, VEXATÓRIOS, VERGONHOSOS E DEPLORÁVEIS aos militares das Forças Armadas.Logo,logo virão 35 anos de trolha ,de tempo de serviço, como um verdadeiro presente de grego ,consentido e acordado, pelos três comandantes das Forças Armadas como "reconhecimento" pelos valorosos serviços prestados por todos nós,militares das Forças Armadas, a esse país de vagabundos, ladrões,saqueadores dos cofres públicos, pixulequentos, corruPTos,distribuidores e receptadores de bacalhaus-propinas-formadores de Organização Criminosa,verdadeiros ratos de esgoto.Pilantras, lixos! Os Odebrechts, os Schains,todos os pilantras que saquearam o Brasil,ano que vem , possivelmente,estarão comemorando o Natal com seus filhotes de corruptos bilionários e nós, muito provavelmente, estaremos reforçando a segurança em um dos últimos três estados brasileiros aonde as Polícias Militares ainda recebem menos que nós.E, quando deixarmos aqueles estados, como agora deixamos o de Pernambuco, a única certeza que teremos será a de que contribuímos para que mais uma Polícia Militar receba vencimentos melhores que os nossos. Não culpem presidentes desta república por termos vencimentos deploráveis.Os verdadeiros responsáveis usam a mesma farda que usava o presidente Castello Branco.O presidente honrado que hoje é acusado de ditador por essa corja de ladrões que tomou conta das nossas instituições e que se juntou àqueles empreiteiros vagabundos e aos políticos ladrões do PT,PSDB,PP PMDB para saquearem o Brasil.Arrombaram o Brasil!!! Adivinha quem vai pagar a conta? Lixos é o que são!!! Parabéns ao Comandante Geral da Gloriosa Polícia militar do espetacular estado de Pernambuco (o mesmo estado do atual Ministro da Defesa ,Raul Jungmann,que afirmou ,dentro do Congresso nacional, que o presidente Michel Temer irá valorizar os nossos vencimentos, ainda em 2017) ,parabéns,repito, ao Comandante Geral da PM pernambucana, por ter conseguido fazer valer o pedido de reajuste salarial de seus subordinados e por ter nos poupado daquela cena ,"inesquecível", de vermos um general do exército chorando como criança ,quando recebe um presente de natal,com um bolo de aniversário na mão ofertado pelos PMs amotinados - receberam perdão pelo crime de motim e reajuste de vencimentos-em frente à Assembléia Legislativa da linda Salvador- muitos PMs estavam lá dentro-, Bahia.Cabe uma pergunta: Quando o comandante do exército ,Gen Villas Bôas, afirmou que teremos " reflexos negativos em nossos vencimentos em 2017" ,devido ao orçamento destinado às Forças Armadas,e,em particular,ao exército,ele estava completamente desinformado do que afirmou o ministro da Defesa ,dentro do Congresso Nacional- assisti ao vivo- de que o presidente desta república irá,já em 2017, valorizar os nossos vencimentos, ou o ministro da Defesa mentiu? Vergonha!!!
Respostas......

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Número de parlamentares investigados bate recorde Levantamento exclusivo da Revista Congresso em Foco mostra que tramitam no Supremo 542 inquéritos e ações contra 224 parlamentares federais. Saiba quem são eles

Número de parlamentares investigados bate recorde


Levantamento exclusivo da Revista Congresso em Foco mostra que tramitam no Supremo 542 inquéritos e ações contra 224 parlamentares federais. Saiba quem são eles..

Nunca tantos congressistas estiveram sob a mira da Justiça. De cada dez parlamentares, quatro estão pendurados no Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de participação em crimes. É o que revela levantamento exclusivo, que ocupa 20 páginas da sétima edição da Revista Congresso em Foco, à venda nas principais bancas  e também disponível em versão digital (acesso gratuito para assinantes do UOL). São 224 deputados e senadores que respondem a 542 inquéritos e ações penais. Um recorde, desde que o Congresso em Foco começou a fazer, de maneira pioneira, esse tipo de pesquisa, em março de 2004.

O número supera em 17% o total de congressistas apurado em nosso levantamento anterior, publicado na terceira edição da revista, em junho do ano passado. Na época, 191 parlamentares estavam sob investigação no Supremo, único foro competente para julgar crimes cometidos por deputados, senadores e outras autoridades.
O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) e os deputados Paulo César Quartiero (DEM-RR) e Lira Maia (DEM-PA) são os parlamentares com mais pendências no STF atualmente. Cada um deles é alvo de 13 acusações, considerando ações penais e inquéritos. A bancada federal de sete estados – Acre, Alagoas, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Roraima – tem mais da metade de seus integrantes sob suspeita. No caso do Mato Grosso, 91% dos parlamentares aguardam julgamento de ações ou inquéritos no Supremo. Dentre os partidos, a liderança é do PMDB: 54 dos seus cem congressistas estão às voltas com pendências criminais no STF. A pesquisa foi realizada entre 13 de junho e 14 de agosto de 2013.
Entre as acusações que recaem sobre os parlamentares, há desde crimes graves como homicídio, corrupção e envolvimento com o narcotráfico até denúncias relativas a irregularidades – por vezes, de caráter formal – em campanhas eleitorais. Além de trazer a lista completa dos senadores e deputados federais que respondem a acusações no Supremo, a reportagem traz uma série de gráficos mostrando a evolução dos processos contra congressistas desde 2005; a incidência de denúncias nas principais bancadas dos sindicalistas, ruralistas e evangélicos; e a distribuição das acusações por estados e por partido.
A reportagem também busca respostas para as causas do acúmulo de processos contra políticos no STF. O tema é analisado por juristas e cientistas políticos, que associam o fenômeno principalmente às falhas do sistema judiciário brasileiro e à ineficácia do chamado foro privilegiado, que faz do Supremo o foro exclusivo para julgar crimes de deputados e senadores. O tribunal, na opinião de um dos seus ministros, Marco Aurélio Mello , “está inviabilizado” pela sobrecarga de processos judiciais.

A lista de deputados e senadores com pendências no STF



Veja quem são os 224 deputados e senadores que respondem a 542 inquéritos e ações penais no Supremo Tribunal Federal
A relação abaixo traz os nomes dos senadores e deputados federais que, segundo levantamento feito pela Revista Congresso em Foco entre 13 de junho e 14 de agosto de 2013, respondiam a acusações criminais no Supremo Tribunal Federal (STF). Todos os parlamentares foram procurados, mas nem todos prestaram esclarecimentos. Veja quem são os parlamentares acusados, quais são as acusações e a íntegra de suas explicações.
Senadores

Deputados
Ao arquivo
Após a conclusão deste levantamento, a Procuradoria-Geral da República pediu o arquivamento das investigações contra os seguintes parlamentares, que tinham contra si uma única pendência no Supremo Tribunal Federal:
Senadores
Blairo Maggi (PR-MT)
Em 12 de maio de 2014, a assessoria do senador enviou a seguinte mensagem: ”O Inquérito 3355 está arquivado desde 30 de agosto de 2013. O STF declinou da competência na Ação Penal 717, motivo pelo qual a investigação foi remetida à 5ª Vara Federal da Seção Judiciária de Mato Grosso em 17 de outubro de 2013. Não há, portanto, nenhuma ação contra o senador Blairo Maggi tramitando no STF.”

Deputados
http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/a-lista-de-deputados-e-senadores-com-pendencias-no-stf/